Como aliviar a rinite rápido: 8 soluções para a crise

Mesmo tentando evitar o contato com os principais agentes responsáveis pela rinite (vírus, bactérias, fungos e alergias), a irritação e o inchaço da membrana mucosa do nariz são inevitáveis em certos casos e épocas.

Quando as crises atacam, temos que lidar com questões extremamente incômodas que podem perdurar por dias: nariz entupido, secreção, espirros repetidos, dor facial, coceira nasal, coceira nos olhos, sensação de ouvido tampado e outros.

Para te ajudar a controlar esses sintomas e viver com mais bem-estar, o Blog da Farmácia Preço Popular preparou este artigo com 8 simples dicas de como aliviar a rinite rápido baseadas nas recomendações da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial. Acompanhe a leitura!

1. Manter-se hidratada

A primeira dica de como aliviar a rinite rápido é relativamente genérica e bem conhecida, mas é tão essencial que precisa ser mencionada. Manter o seu corpo devidamente hidratado é um fator responsável por diversos aspectos da nossa saúde, então o alívio das condições médicas relacionadas à rinite não seria diferente.
Consumir água, suco, outros líquidos e até outros alimentos ricos nesse componente (melancia, morango, pepino, tomate, etc.) precisa ser feito durante todo o percorrer dos dias para que a hidratação obtida seja capaz de manter as vias áreas superiores e as mucosas dos pulmões em perfeito estado de funcionamento.

2. Limpar as vias nasais

É principalmente pelas vias nasais que os vírus, bactérias, fungos e patógenos alérgicos causadores da rinite entram em nosso organismo – note que, ao ficar num cômodo muito empoeirado, por exemplo, o corpo produz secreções e espirra diversas vezes para tentar eliminar as partículas estranhas que ficam acumuladas na mucosa do nariz.
Por isso, a limpeza das vias nasais é de grande ajuda para evitar a permanência dos sintomas da rinite, além de que é excelente para contribuir para a hidratação local e, consequentemente, evitar ressecamentos e machucados no nariz.
Ainda mais se quiser aliviar o congestionamento nasal, fazer uma limpeza com soro fisiológico duas vezes ao dia é a solução mais eficaz.

3. Limpar os olhos

Outro sintoma muito comum associado com a rinite é a produção de lágrimas e a sensibilidade e/ou coceira dos olhos. Para aliviar rapidamente essa condição, a dica do soro fisiológico também é bem útil.
Limpe-os com delicadeza usando o líquido e procure ao máximo não coçá-los, principalmente com as mãos não higienizadas – isso piora o sintoma e pode causar danos!

4. Higienizar os ambientes

O principal método de profilaxia da rinite é a manutenção frequente da esterilidade dos ambientes em que convivemos. Para quem tem tendências a desenvolver essa condição médica facilmente ao entrar em contato com agentes alergênicos como a poeira doméstica e os ácaros, é ainda mais necessário fazer limpezas completas sempre.
Evitar ambientes fechados com pouca circulação de ar, trocar as roupas de cama semanalmente (essencial para não ter crises enquanto dorme), lavar roupas que estão guardadas há muito tempo antes de usá-las e eliminar qualquer acúmulo de poeira nos móveis são exemplos de boas práticas relacionadas ao ato de aliviar a rinite.

5. Evitar odores fortes e poluição

Você sabia que existem estudos médicos que indicam que a poluição das grandes cidades (proveniente principalmente dos automóveis) vem causado rinite em adultos que nunca antes tinham manifestado a condição? Ou seja, essa patologia já não é mais vista somente em pessoas com propensões genéticas e todos precisam se preocupar em evitá-la.
Evite poluições, fumaça de cigarro, perfumes e produtos de limpeza de odores fortes – opte por sabonetes neutros e cosméticos naturais/suaves – é uma medida que serve tanto para impedir o avanço dos sintomas da rinite quanto para evitar qualquer aparecimento deles em primeiro lugar.

6. Tomar um banho quente

Já notou que a rinite ataca quando o clima fica muito seco? Abaixo de 30%, a umidade relativa do ar já exige a atenção e o cuidado de pessoas com tendências a contrair a condição, o que envolve medidas como a utilização de panos umedecidos, bacias com água e umidificadores de ar.

Mas, se quiser controlar os sintomas de coceira e congestionamento nasal rapidamente, tomar um banho quente é a melhor solução, pois umidifica e alivia possíveis dores pontuais relacionadas.

7. Tomar sucos cítricos

Essa dica tem tudo a ver com o ato de se hidratar e repor as vitaminas do corpo – o que é de grande ajuda para fortalecer o sistema imunológico, mas não necessariamente vai aliviar de forma rápida os sintomas da rinite. Na verdade, tomar sucos cítricos é uma prática que é capaz de auxiliar na prevenção da contração da patologia e na recuperação do seu corpo.

Para essas funções, o suco de abacaxi com agrião é o mais indicado: ambos possuem propriedades mucolíticas capazes de eliminar melhor as secreções que são formadas numa crise de rinite, além de que são ricos em antioxidantes (essenciais para o sistema imunológico) e em bromelina, que reduz a congestão nasal e a inflamação das vias nasais.

De forma geral, outras frutas cítricas como limão e laranja também são ótimas para controlar a rinite. E você sabia que existem alimentos que podem piorar os casos da patologia? Farinha de trigo, milho, aveia, centeio, cevada e outros ricos em glúten têm o potencial de aumentar a produção de muco e ainda contém partículas que, se inaladas, intensificam a rinite ou a asma.

8. Fazer o uso de medicamentos

Por fim, a nossa última dica se refere aos casos de rinite mais agravados que requerem o auxílio de substâncias químicas para serem combatidos. Os anti-histamínicos e medicamentos indicados para o aparelho respiratório ou para alergias em geral são os mais adequados para aliviar os sintomas da rinite atacada.
Se os sintomas persistirem por mais de cinco dias mesmo após a aplicação dos métodos descritos, busque um médico para obter um tratamento específico!
Atenção: não se esqueça que somente um médico pode diagnosticar, indicar tratamentos e/ou receitar remédios para tratar a rinite e qualquer outro problema de saúde! As informações presentes neste artigo e no Blog da Farmácia Preço Popular servem apenas para fins educativos.
Confira também: O que é alergia emocional e como identificar?

Deixe um comentário